Pintura de uma paisagem

A originalidade historiográfica de La Méditerranée et Le monde méditerranéen à l’épo que de Philippe II e a concepção braudeliana de história

Guilherme Ribeiro

Resumo


Levando em consideração o surgimento de uma nova abordagem historiográfica levada adiante pelos primeiros Annales e por Fernand Braudel, o objetivo deste artigo é, a partir de La Méditerranée et le monde méditerranéen à l'époque de Philippe II e as críticas a ele endereçadas, analisar a originalidade historiográfica do mesmo, reunindo elementos que nos permitam sustentar a existência de uma concepção braudeliana de História.

Palavras-chave


Braudel; longa duração; moderna concepção de história

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15848/hh.v0i4.64

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia