Sobre a Revista

Missão

Abrigar, divulgar e incentivar a produção de conhecimento nos campos da teoria da história, da história da historiografia e afins no intuito de fomentar o intercâmbio de ideias e resultados de pesquisa entre investigadores dessas áreas correlatas.

Foco e Escopo

História da Historiografia busca oferecer um espaço de convergência da produção crescente, em volume e qualidade, no campo da teoria e história da historiografia - por isso a vocação interinstitucional da revista. Afinal, foi em uma série de encontros, ocorridos ao longo dos anos e em diferentes cidades do Brasil, que se percebeu que o olhar reflexivo sobre a Historiografia não é tão insólito quanto se poderia imaginar. Claro: esta atividade reflexiva se expressa de várias maneiras, seja por meio da filosofia da história mais tradicional, seja pelo que dela mais se espera, ou seja, ponderações epistemológicas sobre o ofício do historiador e sobre os diferentes modos de se escrever história ao longo do tempo, no Brasil e no Ocidente como um todo. Os trabalhos que o leitor encontrará são tentativas de relembrar e elaborar as diferentes motivações que levaram os seres humanos a pensar e representar suas vidas historicamente. A História da Historiografia aqui debatida ultrapassa – embora não exclua – o debate historiográfico indispensável na discussão especializada e nos projetos de pesquisa; ela procurará, destarte, explorar a riqueza desse campo de pesquisa particular sem isolá-lo do conjunto maior do qual faz parte.

Histórico

História da Historiografia teve seu primeiro número lançado em 2008, enquanto fruto de uma parceria interinstitucional entre a Universidade Federal de Ouro Preto, a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Desde 2010, a revista é uma publicação da Sociedade Brasileira de Teoria e História da Historiografia (SBTHH). 

Lançada originalmente como um periódico semestral, em 2012 alterou sua periodicidade para quadrimestral. No ano de 2014, começou a atribuir Identificador de Objeto Digital (DOI) a todas as suas publicações. Foi nesse ano também que passou a contar com editores executivos vinculados a instituições brasileiras e estrangeiras de modo a ampliar a inserção internacional do periódico. Em 2019 foi incorporada na coleção Emerging Sources Citation Index do Web of Science.

Na sua primeira avaliação Qualis/Capes, no ano de 2010, História da Historiografia foi classificada no estrato B2 na área de História. Na avaliação seguinte, no ano de 2012,  subiu para o patamar B1. Desde 2013, figura no estrato A1 no sistema de avaliação da CAPES e também no Scopus.

Até 2019, História da Historiografia aceitava submissões de resenhas, entrevistas e textos e documentos historiográficos. Com o lançamento do projeto satélite HH Magazine, essas seções foram abrigadas nesse novo espaço e o periódico passou a publicar exclusivamente artigos originais e de revisão, que passaram a contar com o ORCID dos autores. Como desdobramento desse projeto, surge também em 2019, o podcasts com autores e organizadores de dossiês. 

Editada desde a sua criação exclusivamente on-line, História da Historiografia pode ser vista como um marco na consolidação dos campos da teoria da história e da história da historiografia no Brasil, na medida em que mobilizou pesquisadores associados para criar, promover e manter um espaço coletivo de diálogo disciplinar.

Periodicidade

2008-2011: Semestral

2012-atual: Quadrimestral

O número referente ao intervalo janeiro-abril é publicado em abril.

O número referente ao intervalo maio-agosto é publicado em agosto.

O número referente a setembro-dezembro é publicado em dezembro.

Normas regimentais

Normas Regimentais da revista